Como fazer nirá

como fazer nirá

Quem frequenta restaurante japonês sabe bem o que é nirá! Pode até não ter experimentado ainda, mas com certeza já viu por outras mesas do restaurante.

Dizem que o nirá é a cebolinha japonesa, mas eu não sei o que esse povo tem na cabeça pra dizer um absurdo desses.

Ok, são da mesma família. Mas só. Cebola, alho e alho poró também são. Não por isso...


Nirá é nirá e cebolinha é cebolinha. Eles não se parecem em nada em sabor e textura. Nada!

E se, um dia, você olhar pra ele em uma prateleira de hortifruti, não se acanhe em pegar um maço e levar pra casa.

Escolha o maço mais verde escuro que você encontrar e leve com você.
Quanto mais claro, mais fibroso ele é!

Chegando em casa, lave bem em água corrente, corte um pedacinho da base e descarte esse pedaço. É que muitas vezes fica terra presa ali, sabe? Que nem acontece com o alho poró.

Tem um hashi perdido por aí? Use para comer seu nirá! Dá um sabor ainda mais especial! Garanto!




receita de nirá


nirá



Ingredientes:

- 100g de nirá cortado em pedaços grandes;
- 1 colher de sopa de shoyu;
- 1 colher de sopa de manteiga;
- 1 dente de alho espremido;
- sal a gosto;
- pimenta do reino a gosto;
- 1 colher de chá de óleo de gergelim;
- gergelim torrado a gosto.


Veja também a receita de nirá com ovos!!!

nirá receita


Modo de fazer:

- coloque tudo em uma wok* e leve ao fogo médio/alto mexendo sem parar;

- mexa até dourar levemente, não deixe murchar muito;

- isso leva aproximadamente 5 minutos. É rapidinho.

* se você não tiver uma wok, use uma frigideira larga e antiaderente. Talvez você tenha que usar mais manteiga e um fogo mais baixo para que o nirá não queime.


OBS: Se você preferir, coloque na frigideira primeiro os pedaços mais próximos da base, e depois de uns dois minutos coloque o restante do nirá. É que quanto mais próximo da base, mais duro ele é. Fazendo assim, você consegue um ponto de cozimento mais próximo entre as partes mais firmes e as partes mais macias.


Acompanhamentos:


nirá refogado

Nenhum comentário:

Postar um comentário